Com o surgimento da internet e das novas tecnologias como um todo, o comportamento do consumidor também passou por algumas mudanças bem expressivas. Só para você ter uma ideia, hoje 59% dos compradores preferem buscar e adquirir os produtos/serviços que necessitam pela internet, uma vez que ela oferece muito mais facilidade e rapidez no processo de compra. É por conta dessas mudanças que empresas de pequeno, médio e grande porte estão alterando as suas formas de anunciar na rede, na tentativa de realmente encontrar o seu público alvo.

Com base nisso, vamos conferir neste artigo um pouco mais sobre o ato de anunciar em duas diferentes plataformas: Google e Facebook.

Facebook Ads

Na hora de decidir entre anunciar no Google ou no Facebook, o Facebook muitas vezes é o vencedor por ser a rede social de maior número de usuários e, consequentemente, de acessos em nosso país. Mas o que é o Facebook Ads? O Facebook Ads nada mais é do que o sistema de anúncios publicitários que aparecem no Facebook. Pois é: sabe quando você está navegando na sua timeline e se depara com um anúncio de uma página que você não curte, porém, se interessa? Isso é um link patrocinado no Facebook, ou melhor, um anúncio que apareceu na sua página por você ter demonstrado, em outras atividades na rede, o seu interesse por aquele assunto/temática.

Por meio dele é possível exibir anúncios com imagem e/ou texto, como se fossem simples posts do Facebook, porém, segmentados para um público específico (o seu público alvo). Por isso, se você quiser resultados verdadeiramente eficientes em sua estratégia digital, apostar nessa ferramenta pode ser fundamental. Atualmente o Facebook Ads conta com oito diferentes funcionalidades, ou melhor, oito tipos de anúncios. Com ele, é possível realizar anúncios chamando a atenção do seu público alvo para: 

  • Impulsionar uma publicação em específico da sua página;
  • Aumentar os cliques no seu site;
  • Impulsionar usuários a curtirem a sua página;
  • Estimular a participação de seus eventos;
  • Anúncios voltados à promoção de ofertas;
  • Anúncios para a instalação de aplicativos;
  • Aumentar o envolvido com esse aplicativo;
  • Anúncios voltados para conversão no site.

E é neste sentido que os benefícios do Facebook Ads já ficam bem claros, não é mesmo? Outras vantagens ao optar pelo Facebook na hora de escolher anunciar no Google ou no Facebook são:

  • Possibilidade de segmentação (por faixa etária, estado civil, localização geográfica, dia de aniversário, educação, interesses, conexões e outros);
  • Grande alcance – hoje, 8 a cada 10 jovens estão conectados no Facebook – assim como 41 milhões de brasileiros;
  • Alto ROI – retorno sobre investimento – isso porque o Facebook é capaz de gerar interação, tráfego para o site, e é claro, engajamento (o que também leva à fidelização).

Google Adwords

Na hora de escolher entre anunciar no Google ou no Facebook, o maior buscador da rede também tem suas vantagens em destaque. Vamos conhecê-las?

O Google Adwords nada mais é do que o sistema de links patrocinados do Google – o que o torna o mais conhecido da internet. O motivo é simples: o buscador é, atualmente, o de maior número de acessos em toda a extensão do mundo. Sendo assim, se você pensa em anunciar o seu negócio ou site no Google, é com esse sistema que você deverá ‘tratar'. O Google Adwords conta com duas diferentes formas de anúncios: 

  • Anúncios na rede de pesquisa – que ficam nos próprios resultados de busca do Google;
  • Anúncios na rede de display – que é composto por sites parceiros que também fazem parte do programa de afiliados do Google, o Adsense.

 No que se refere à rede de pesquisa, a segmentação ocorre por meio das palavras-chave/termos pesquisados pelo seu púbico alvo. Já os anúncios na rede de display são exibidos conforme o segmento e/ou tipo do seu negócio.

As vantagens do uso do Facebook Ads em suas estratégias de marketing digital se referem principalmente aos avanços do sistema do Google, que é capaz de identificar e relacionar a busca do indivíduo com o seu anúncio por meio da segmentação de perfil, palavra-chave pesquisada e localização geográfica. Neste caso, cabe ainda destacar que os benefícios são atrativos até mesmo para os usuários, uma vez que, graças ao Google Adwords, podem encontrar alternativas para que o que procuram seja de modo muito mais rápido, preciso e eficaz.
E aí, deu para entender as diferenças entre anunciar no Google ou no Facebook? Avalie qual é a melhor opção para o seu negócio e boa sorte! Não deixe de baixar o nosso e-book gratuito 'Manual do Facebook ADS' e melhore a divulgação da sua empresa!

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019