Aqui na agência é comum já termos ouvido por diversas vezes, e dos mais variados clientes, questionamentos como: por que meu anúncio não aparece no Google? Pesquisei pelo meu site e ele não apareceu, por que?

Mas antes que você ache que sua equipe ou gestor de tráfego não estão fazendo um bom trabalho, é necessário entender como o algoritmo do Google funciona para posicionar as páginas no mecanismo de busca.

Só assim será possível utilizar as melhores práticas para que suas campanhas apareçam para os clientes e convertam em mais vendas. Siga com a leitura e potencialize seus resultados!

Erros na segmentação

Primeiro de tudo, para garantir que suas campanhas apareçam em uma boa colocação no ranking de pesquisas do Google, é importante que a segmentação dos anúncios seja feita da maneira correta.

Não há como esperar que seus anúncios apareçam para determinado público se você não deixar especificado nas configurações de segmentação. Como segmentação geográfica, demográfica e de interesse. Assim como selecionar os dias e horários em que a campanha deve estar ativa.

É interessante observar, depois de uma análise sobre os resultados das campanhas, em quais dias e horários há mais clientes convertendo. E os dias em que essa busca é baixa, basta desligar a campanha, o que reduzirá os gastos e tornará o anúncio muito mais assertivo

Palavras-chave escolhidas não constam na campanha

Você digitou a palavra-chave no buscador e não apareceu seu anúncio? Já se certificou de que a palavra-chave foi incluída no anúncio? Sim, pode parecer óbvio, mas é preciso verificar cada detalhe.

Assim como acompanhar se a busca pela palavra-chave escolhida não está em baixa, ou seja, se o índice de qualidade não caiu. O índice garante a relevância dos anúncios para os usuários e é muito importante entender essas questões para conseguir decidir quando desligar uma palavra ou não.

Para entender o que é índice de qualidade, leia Como o índice de qualidade influencia na posição do anúncio no Ads.

Pouca verba disponível

Por fim, o mais significativo para que seu anúncio não esteja aparecendo, é, sem dúvida alguma, a questão do volume de verba direcionada para os anúncios. É claro que inicialmente não há a necessidade de se investir um valor muito alto para o tráfego pago, sendo assim tanto pequenas quanto médias empresas também conseguem aproveitar a ferramenta para anunciar no Google Ads.

Mas é importante entender que os valores disponibilizados para cada campanha interferem na sua exibição. Quando um valor diário é estipulado para um anúncio e ele é atingido, então ele deixa de ser exibido. Por isso, é sempre importante verificar seu orçamento para que continuem aparecendo nos resultados de pesquisa.

Saiba por que não é uma boa ideia pesquisar seu próprio anúncio

Uma dica importante: pare de procurar por seus próprios anúncios!

Simplesmente porque você não é, na teoria, o público a quem o anúncio se destina. E quando há muitas impressões sem cliques, a relevância do seu anúncio tende a sofrer uma queda.

Para visualizar suas campanhas sem interferir nas impressões e contar como visualização, basta ir em “Diagnóstico de Visualização de Anúncios”, mas para atingir os melhores resultados com sua campanha conte com uma orientação especializada. Entre em contato com a Post Digital.

Complemente seus conhecimentos e leia também Como melhorar o índice de qualidade das palavras-chave do Google?

Diana Vasques
Diana Vasques
Diana Vasques

Graduada em Jornalismo e pós graduanda em Marketing Digital, Produção de Conteúdo e Redes Sociais. Paraense morando em Campinas. Apaixonada por redes sociais! :)