Você já ouviu falar em Google Analytics? Trata-se de um sistema capaz de monitorar o tráfego do seu site ou loja virtual gratuitamente! A ferramenta não se baseia somente em contar quantas pessoas visitaram seu site: ela define o comportamento dos usuários que navegam por suas páginas. Seria uma espécie de mapa, que apresenta quem acessou mais de uma vez, de onde vieram esses acessos, quantos viraram conversões e assim por diante. Ele representa uma das melhores ferramentas de marketing digital, pois funciona como um termômetro, que definirá quando é hora de mudar a estratégia digital para o seu negócio.

Apesar disso, há alguns erros do Google Analytics que precisam ser identificados. Listamos abaixo os 4 principais:

Achar que números baixos são sempre ruins

A tendência é que, quando vemos um número baixo nos resultados, esses números já são associados a dados negativos. E nem sempre o são! Uma taxa baixa de cancelamento de e-mail ou a queda no custo de aquisição do consumidor podem representar algo positivo para o seu negócio. E mesmo em casos que os números representam queda nos resultados, não os encare como um fracasso, mas sim como um indicativo dos pontos que você precisa melhorar para alcançar bons resultados.

Confundir visita com visualização

Muita gente pensa que são sinônimos, mas existe uma diferença entre estes dois termos. Um dos erros do Google Analytics, ou melhor, de quem o utiliza, está aí. A cada vez que um usuário entra no seu site, o sistema computa uma visita, independentemente de quantas das suas páginas ele visitou e por quanto tempo permaneceu navegando. Já a visualização é gerada a cada vez que ele visita uma página dentro do seu site. Sendo assim, um mesmo visitante pode gerar diversas visualizações.

Colocar todas as fontes em uma única métrica

Alguns usuários pecam por agrupar o tráfego em uma métrica só, como se fosse 'tudo a mesma coisa', sem levar em conta de quais canais esses visitantes são provenientes. Manter essas métricas em indicadores diferentes irá ajudá-lo a perceber de onde estão vindo os melhores resultados e onde você precisa mudar a estratégia. A partir daí, você poderá trabalhar para melhorar esses números, através da aplicação de novas estratégias nos locais onde elas realmente se fazem necessárias.

Não utilizar os dados analisados para soluções

O Google Analytics não vai te dizer qual é o problema, e muito menos a solução. Ele vai te apresentar dados baseados nos quais você poderá identificar o que há de errado e quais as medidas a tomar a respeito disso. Dentre os erros do Google Analytics está em achar que ele aumentará os acessos na sua página e fará tudo sozinho. Se você apenas computar os dados e não tomar ações para melhorar o fluxo do seu site, de nada adiantará utilizar a ferramenta.

Agora que você já entendeu um pouco sobre essa moderna ferramenta e já sabe quais erros não cometer, chegou a hora de baixá-la e aplicá-la na sua página. Para saber mais sobre essa ferramenta, faça o download do nosso e-book gratuito 'Web Analytics na prática' e aumente as suas vendas através de suas mensurações!

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019