Dentro do Marketing Digital, existem muitas possibilidades de estratégias e investimentos. A partir dos objetivos de negócio, e principalmente daqueles alinhados ao marketing e vendas, a empresa deve se planejar para cobrir diferentes ações, canais e formatos com as estratégias digitais. Mas, justamente, cada ponto desse pede um investimento específico.

E investimentos devem ser feitos com sabedoria, não é? Vamos discutir aqui algumas medidas que são importantes no momento de planejar e lançar suas ações de marketing digital. Por exemplo, temos duas estratégias diferentes em propostas e resultados, mas que são eficientes e ajudam em muitos objetivos: SEO (Search Engine Optimization) e mídia paga.

Acompanhe os próximos tópicos para conhecer diferenciais de SEO e ações de mídia paga, e então nossas dicas sobre em qual e como investir.

Diferenciais de SEO

SEO (Search Engine Optimization) é uma estratégia de otimização de sites para motores de busca. Quer colocar suas páginas nos resultados do Google? Esse é o caminho focado em tráfego orgânico, baseando-se em SEO on-page (marketing de conteúdo, em texto, vídeos e imagens) e SEO off-page, com otimização de código e outros elementos mais técnicos.

Investir em uma estratégia de SEO traz resultados em longo prazo. Esse é o tempo necessário para que o Google indexe cada página do site, “leia” seus conteúdos e saiba como distribuí-los conforme palavras-chave consultadas pelo público. Existem diversos fatores que ajudam a acelerar e aumentar seus resultados com SEO, como divulgação em redes sociais, parcerias com outros domínios e troca de links, mas de forma geral os resultados duradouros vem no longo prazo.

Diferenciais da Mídia Paga

Já as estratégias de mídia paga, como o próprio nome indica, são aquelas que utilizam anúncios online. Para isso, você pode utilizar Google Ads, Facebook e Instagram Ads, além de outras plataformas mais específicas como LinkedIn, Pinterest, TikTok e afins.

O investimento em mídia paga é mais alto, mas gera demanda de forma mais rápida. Se a empresa se planejar bem e criar anúncios atrativos, pode conquistar leads em curto prazo e rapidamente convertê-los em clientes.

Em qual investir?

Tudo depende do seu objetivo, do orçamento disponível, das metas e KPIs e também do prazo estimado para ver resultados. Reforçando, a mídia paga é mais cara, mas também traz oportunidades no curto prazo. Já a estratégia de SEO pode ser mais econômica, com resultados a longo prazo mas com ótimos efeitos em autoridade, reconhecimento da marca e relacionamento.

O melhor do cenário é investir em ambas estratégias! Uma complementa a outra de forma que suas equipes de marketing e vendas terão demandas a todo tempo. Estude seu orçamento disponível para entender a viabilidade de cada projeto.

Lembre-se que, em qualquer caso, o investimento estará dividido entre:

  • Plataformas digitais;
  • Orçamento de anúncios;
  • Outras ferramentas do seu site;
  • Agência de Marketing e/ou profissionais contratados.

E para além do dinheiro, as estratégias demandam um investimento de tempo e conhecimento.

Enfim, o ideal é que a empresa avalie, estrategicamente, quais são as necessidades do momento, o orçamento disponível, o perfil do público e mais alguns outros fatores para acertar no investimento. O cenário mais interessante é contar com a combinação de estratégias de mídia paga e conteúdo orgânico pelo SEO!

Aproveite e confira também nosso artigo com as principais ferramentas para estratégias de SEM e SEO.

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019