Qual é o melhor caminho para fazer o produto chegar ao seu cliente? Essa é uma pergunta que todos os profissionais envolvidos com vendas e marketing se fazem, todos os dias.

Pelo menos nas estratégias de marketing digital, essa é uma resposta que vai levar em consideração vários aspectos como o perfil da persona, quais são seus problemas e como seus produtos poderão ser expostos da maneira mais assertiva, de acordo com as suas necessidades.

Tudo isso deve ser pensado com o menor esforço e a garantia de uma melhor performance em vendas, certo? Depende da estratégia e quais serão os caminhos mais adequados ao perfil do seu público (idade, gênero, região, etc) e os objetivos da sua empresa (aumentar engajamento, gerar mais leads, autoridade).

Neste artigo, você vai conhecer quais são os principais canais de marketing digital. Mas, antes disso...

O que são canais de marketing digital?

Assim como um cliente chega a um restaurante por indicação de um amigo ou por ter visto uma crítica em alguma revista, existem diferentes caminhos pelos quais os visitantes podem chegar até o site da sua empresa.

Os canais de marketing digital são os meios (mídias) importantes para distribuição de conteúdos, anúncios e comunicação em geral com o público que se deseja atingir com o seu produto e serviço.

Para cada tipo de canal de marketing, existem especificidades diferentes com relação ao tipo de conteúdo direcionado, investimento financeiro, taxa de conversões, dentre outras.

Listamos agora os principais tipos de canais de marketing de acordo com a classificação do Google Analytics, ferramenta utilizada para monitorá-los e analisá-los em relatórios. Confira:

Principais Canais de Marketing Digital

  • Direto - apresenta os acessos diretos ao endereço do site, quando o visitante digita a URL (endereço) no navegador, o que significa que ele já conhece a sua marca. Por isso, para potencializar esse tipo de tráfego, é importante investir em branding e ações offline que direcionam visitantes a acessar o seu site.
  • Busca Orgânica - as pesquisas realizadas pelos usuários nos buscadores resultam em links que apontam para páginas dos sites e isso representa os acessos de tráfego orgânico do seu site. Levando em consideração as bilhões de buscas realizadas todos os dias, é fácil entender porque a otimização de SEO e outros tipos de ajustes são empregados para aumentar relevância e o ranqueamento de conteúdos, a fim de aumentar o tráfego orgânico.
  • Social - o canal social, como próprio nome já diz, é relacionado ao tráfego originado das suas redes sociais. Com a ascensão dos perfis no Instagram e Facebook nos últimos anos, este se tornou um dos principais canais de investimento para conquistar tráfego. Para isso, é preciso entender questões como os melhores horários de postagem, perfil do público e tipo de conteúdo que deseja consumir, formato de publicação e linguagem de textos, fotos, vídeos, etc.
  • Mídia Paga - é o canal de aquisição de visitantes que tem origem no tráfego gerado por cliques em anúncios que são segmentados de acordo com o perfil do público que se deseja atingir com a publicidade online. O ideal é realizar os ajustes nas campanhas como segmentação, grupos de palavra-chave e páginas de destino. Desta forma, é possível ter mais chances de adquirir novos potenciais clientes. Existem três tipos principais de anúncios:
    • Rede de pesquisa - links patrocinados que aparecem acima dos resultados de buscas orgânicas quando o usuário digita algum termo correspondente a relevância do anúncio.
    • Anúncios em rede sociais - links e banners patrocinados dentro das redes sociais que direcionam o visitante a páginas de conversão ou compra direta.
    • Anúncios em redes de display - anúncios em banners e links que aparecem em outros sites.
  • Referência - é caracterizado pela indicação de um site terceiro através de técnicas como o co-marketing, os guest posts escritos por outras empresas e backlinks com referências de conteúdos. Desta forma, é preciso entender que para ter mais volume de acessos por este canal, autoridade do domínio (domain authority) e da página (page authority) devem ser boas.
  • E-mail marketing - representa os visitantes que acessaram o seu site através de campanhas de envio de e-mail marketing, newsletters, fluxos de nutrição de leads, dentre outras ações de relacionamento via e-mail. Neste caso, a vantagem é o volume maior de alcance, com custos reduzidos e de forma automatizada. Para melhorar as conversões em e-mails, existem algumas técnicas como testes A/B e uso de CTAs e assuntos mais atraentes para incentivar a abertura e cliques nos links.

Esses foram alguns dos principais canais de marketing digital, em uma análise comparativa entre quais são os ajustes com objetivo de aumentar o tráfego e, consequentemente, o retorno sobre investimento (ROI). Baixe nosso ebook gratuito com dicas práticas para análise no Google Analytics e aprenda como mensurar os resultados das suas estratégias.

Douglas Gomes
Douglas Gomes
Douglas Gomes

Mineiro e Jornalista. Assistente de Marketing Digital e Redator de Conteúdo na Post Digital. Certificações em Produção de Conteúdo para Web, Inbound e Outbound Marketing, Sales e Google Ads e Analytics.