Todas empresas e pessoas estão passando por um período muito conturbado, mas essa com certeza não é a primeira e nem a última crise que enfrentamos. As crises, felizmente, acabam depois de certo tempo, mas isso não diminui seus impactos em relacionamentos, finanças, formatos de gestão, novos campos de estudos e outros meios.

Especificamente no caso das empresas, a pandemia global de Covid-19 representa uma queda em produção ou ainda a paralisação das operações, forma de respeitar a dispensa de funcionários e assim diminuir o número de contágios. Nesse ambiente, com o remanejo de contas e pessoal, é compreensível que as empresas queiram desligar as ações de marketing digital - e de qualquer forma de comunicação.

O que nós dizemos, enquanto estrategistas digitais, é que mesmo nas crises - sejam elas externas ou internas - o ideal é manter seu marketing digital em dia, rodando normalmente com as devidas adaptações.

                               

Nos próximos tópicos, deixamos algumas dicas para que você consiga manter suas estratégias de marketing digital. 

Revise o orçamento

É claro que, em qualquer crise, o orçamento é uma vítima. Além de ficar mais difícil vender, também aumenta o risco de inadimplência entre quem já contratou sua empresa. Mas aqui estamos falando sobre o seu orçamento de marketing digital. Desde sempre, o ideal é que você tenha um dinheiro à parte e exclusivo para investir em ferramentas e ações online.

Neste momento, como alternativa ao desligamento das suas ações, é recomendável revisar seu orçamento total. No que for tocante ao marketing, além da revisão para encontrar possíveis furos ou oportunidades melhores, você pode remanejar os investimentos para manter as ferramentas essenciais, como Ads, automações e CRM, funcionando.

Priorize canais

Se o orçamento já está mais restrito, e o melhor é não cancelar nenhuma ação, o mais indicado é dar maior prioridade aos canais que trazem mais resultados, o que é variável entre os tipos de empresa, de público, de mercado e até de linguagem. 

Os canais de marketing digital são divididos amplamente entre orgânico, pago, social, e-mail e referencial. Dentro de cada um estão meios mais específicos, alguns sendo mais complexos e exigindo a utilização de ferramentas pagas, enquanto outros demandam apenas uma constância de publicação e relacionamento. 

Investigue seus resultados anteriores e priorize os canais que serão mais fáceis de alimentar, investir e monitorar. 

Reforce o relacionamento

O marketing digital tem uma forte relação com o relacionamento com seus leads, com visitantes e ainda com quem já foi seu cliente. Nesse momento, como estamos todos no mesmo barco, é essencial reforçar seus canais de relacionamento com seu público.

Isso pode ser feito utilizando principalmente as redes sociais e o e-mail. Sempre informe sobre o funcionamento da sua empresa, apresentando novidades e também entregando informação e valor agregados à sua marca.

Passe uma mensagem

Complementando o relacionamento, é essencial que a linguagem das suas comunicações digitais seja adaptada para o momento. Opte pela sinceridade e pelo respeito, como sempre. Não utilize os canais da sua empresa como perfil pessoal! E nem precisamos dizer que você não pode espalhar fake news ou outras mensagens alarmistas ou de ódio, não é?

Enfim, com essa revisão das suas estratégias seu marketing digital pode seguir e sua empresa vai ter ao menos um ponto de trabalho para manter seus clientes e alcançar mais contatos.

Para encontrar mais dicas referentes ao período de pandemia, não deixe de se inscrever no canal da Post no YouTube

Luciana Gameiro
Luciana Gameiro
Luciana Gameiro

É jornalista e especialista em Comunicação e Marketing Digital. Redatora e analista das estratégias de Inbound. Está no canal da Post e sempre atualizada nos últimos memes.