Combinar diferentes formatos de conteúdo em um blog é interessante para avaliar a aceitação do público e o que é mais atrativo em relação a tempo de navegação no site e conversão - e essa é uma das funções dos modelos de infográfico.

Para além dos textos, imagens e vídeos incorporados nas postagens, o infográfico tem a utilidade de melhorar a leitura e escaneabilidade, fazendo um resumo das informações ou mesmo contextualizando algum dado ou fato relacionado que não caiba no post.

Como o nome sugere, infográficos são materiais que usam texto e imagens para entregar uma informação ou dado, podendo ser estático, animado ou interativo, dependendo da pauta e dos recursos gráficos disponíveis.

Infográficos também são muito bem vindos nas redes sociais, como abordaremos mais à frente neste artigo. Quando mais complexos, trazendo um panorama geral sobre um conteúdo ou temática, infográficos também podem ser ofertados como conteúdo rico, a exemplo das planilhas e e-books exclusivos para quem converte em uma landing page.

Conheça agora 5 modelos de infográfico (com exemplos!) para incluir no conteúdo de seu blog, ou até mesmo em outros canais.

Motion design

Também conhecido por design de animação, o motion é a ilustração animada em vídeos ou em gifs. É interessante para infográficos animados, onde é importante resumir o texto ao máximo.

Dependendo do tema e da estrutura da pauta, é possível acrescentar uma locução ao vídeo animado. Este formato também aceita bem fotos e gráficos, podendo ser usado para apresentações comerciais ou de novos produtos, informações leves e curiosidades.

Os vídeos ou gifs não podem ser muito longos, usando elementos bem elaborados para prender a atenção do visitante.

Linha do tempo

Modelo simples, a linha do tempo pode ser usada para apresentações de empresas, para projetos específicos e para ilustrar textos ou vídeos mais complexos. Também é chamado de modelo de infográfico cronograma. Esse formato é muito versátil e se encaixa bem desde o modelo estático até o interativo.

Esse tipo de infográfico deve conter datas, títulos e imagens seguindo uma linha de progressão. As datas são apontadas em uma sequência, puxando uma barra com o conteúdo relacionado aos acontecimentos daquele ano, mês ou dia.

Infográfico Linha do Tempo

Fluxograma

Entre os modelos de infográfico, o fluxograma se destaca pela criatividade e pela possibilidade de ser interativo mesmo quando estático. Nesse formato, o leitor começa em uma pergunta e segue as linhas e setas do material para chegar a um resultado.

As linhas são respostas objetivas, como sim e não, e levam a uma outra pergunta, respondida por mais linhas e assim vai. Um exemplo de aplicação de fluxograma é fazer perguntas sobre lazer que levem a respostas com lugares para passar férias.

Infográfico Fluxograma

Comparação de ideias

O infográfico pode ser separado em duas ou mais partes, que representam diferentes opções de um produto ou serviço, por exemplo. Quase na forma de uma tabela, as linhas do material comparam informações e ideias de cada ponto.

Um exemplo desse formato é quando uma empresa de serviços compara os diferentes pacotes disponíveis para contratação em relação a preço, benefícios, tempo de contrato, etc.

Infográfico Comparação de Ideias

Quiz interativo

O formato interativo é mais difícil em relação a criação e execução, porque envolve - além de redator e designer - um programador para elaborar o caminho do quiz ou uma ferramenta que faça esse trabalho. É interessante por estimular a participação através de cliques dentro do site e, por isso, deve se basear em um tema rico para ter sucesso.

O quiz precisa oferecer respostas em múltipla escolha, somando pontos para entregar um resultado final ou apresentando a resposta certa a cada questão.

Todos modelos de infográfico devem considerar a informação textual e visual, já que o usuário recebe esse material como um todo. Os itens gráficos como ilustrações, cores, linhas, vídeos e fotos devem ser atrativos e com boa qualidade.

Infográfico Interativo

Como fazer um infográfico em 6 passos

Já deve ter ficado claro que os infográficos são ótimas peças visuais de comunicação, seja para meios impressos ou para os canais digitais. Uma outra questão é colocar essa peça em produção. Pensando nisso, preparamos seis passos de instrução para fazer um infográfico do tipo estático, formato de imagem. Os modelos de motion design e gif exigem mais passos e também um nível de conhecimento maior, por isso vamos nos deter nas opções mais básicas, que já têm muita utilidade online e offline.

• 1º passo: faça uma pauta do que será abordado. Já escreva todos os textos e deixe uma orientação sobre o formato do infográfico, quem é o público-alvo, ilustrações necessárias, ícones, tamanho, modelo para a diagramação, etc.

• 2º passo: abra um arquivo de imagem em um software de edição ou em um site de criação (Canva). Se você não tiver experiência ou prática com design, procure por templates gratuitos dentro da ideia do conteúdo que deseja fazer.

• 3º passo: disponha os elementos visuais na peça, considerando setas, caixas de texto, gráficos e ilustrações. Não sobrecarregue o infográfico, afinal o seu objetivo é passar uma informação de forma consistente e direta.

• 4º passo: coloque os textos em caixas ou pequenas listas conforme o template ou layout criado. Escolha bem as cores e tipografias utilizadas, preferencialmente combinando com a identidade visual da empresa. Atenção também para o tamanho utilizado e a legibilidade.

• 5º passo: revise todas as informações, visuais ou textuais, conferindo se não existem elementos duplicados ou itens que possam ultrapassar as bordas da imagem.

• 6º passo: salve e feche o arquivo de acordo com a mídia que será utilizada, entre .jpg, .png ou .pdf, seja uma rede social, um banner impresso, um blog post, etc.

Com atenção a estes passos, já é possível começar a utilizar os infográficos em pequenas estratégias de marketing. Pode ser o caso também, para profissionalizar o negócio, de procurar um designer para fazer estas peças sob demanda.

Aproveite e confira 5 dicas para elaborar um infográfico dentro da sua estratégia de marketing digital.

Ferramentas e aplicativos para infográficos

Como citado no tópico anterior, existem opções de ferramentas para criação de infográficos que vão desde os softwares pagos até as plataformas online e acessíveis até por celular. A seguir, apresentamos algumas ferramentas, apps e sites que podem ser utilizados na hora de criar infográficos.

• Adobe: é a empresa responsável por distribuir os softwares Photoshop, Illustrator, InDesign e Premiere (este para vídeos), todos sendo opções possíveis para a criação de infográficos e todo outro tipo de imagem, gif, ilustração, gráfico ou página diagramada. Os programas são vendidos em pacotes, exigindo um investimento por parte da empresa ou do profissional de design. Outro ponto é que os programas podem ser muito complexos para quem não está familiarizado, logo a contratação de um designer é o caminho mais suave.

Além do Premiere, se a ideia é fazer infográficos no formato de vídeo o After Effects tem grande utilidade.

• Canva: é uma plataforma online gratuita para criação de imagens e documentos em .pdf. É interessante por já disponibilizar templates e formatos adequados para redes sociais e objetivos diversos. Alguns elementos, como ícones e fotos, são comprados em parceria com bancos de vetores e imagens. Na versão paga (Canva Pro), voltada para empresas, é possível utilizar também recursos de animação para criar gifs e pequenos vídeos. Está disponível também na versão aplicativo, acessível em tablets e smartphones.

• Piktochart: plataforma similar, porém paga. É focada na criação de infográficos, relatórios, posters e apresentações, permitindo a colaboração entre pessoas do time e atualização em tempo real com comentários. Oferece mais de 800 templates.

• Infogram: mais uma opção online, tendo versão gratuita e outras pegas incluindo mais vantagens. Tem o benefício de aceitar o upload de dados tabulados em planilhas Excel e gerar gráficos a partir do arquivo, agilizando boa parte do trabalho de design em um infográfico. Oferece templates, incluindo mapas, rankings e formatos para redes sociais.

Venngage: bem similar ao Canva, oferecendo um plano básico gratuito e mais duas opções pagas. Oferece templates e formatos variados, com o diferencial de disponibilizar uma equipe de suporte para tirar dúvidas sobre a plataforma. Também tem colaboração em equipe em seu plano empresarial.

• Final Cut Pro: software da Apple para edição de vídeos nos computadores Mac. Tem o benefício de ser intuitivo, mas é pago e não cumpre com tantos efeitos como o pacote Adobe.

• PowerPoint: é uma opção para quem não tem muita prática com os softwares profissionais de imagens, ou então precisa apenas de uma imagem simples e rápida. Além da opção do pacote Microsoft Office, existe a opção gratuita do Google Apresentações, com armazenamento na nuvem e compartilhamento para colaboração entre diferentes pessoas.

Infográficos nas redes sociais

Para além dos blogs, na estratégia digital e de marketing de conteúdo o infográfico também tem utilidade nas redes sociais. Facebook e Twitter recebem bem estas imagens, mas é principalmente no Instagram e no Pinterest que os infográficos serão compartilhados e consultados - afinal as duas redes têm foco em imagens.

Valem as mesmas dicas já citadas, podendo até mesmo inverter o peso do texto na peça, deixando apenas para legendas e indicações simples. Os elementos visuais, e logo a qualidade da imagem num todo, têm mais apelo.

Este é um exemplo que fizemos no perfil da Post:

Ver essa foto no Instagram

Simon Sinek apresentou sua ideia do Círculo Dourado no TED Talk de 2009. ???? Desde então, profissionais da comunicação e do marketing usam essa metodologia para avaliar e produzir campanhas. ???? Quer saber mais sobre o Círculo Dourado? ? Conheça em nosso artigo e aprenda como utilizá-lo! O link está na bio! ????? #postdigital #marketingdigital #estrategias #circulodourado #simonsinek #goldencircle #marketing #campanhas

Uma publicação compartilhada por Post Digital (@postdigitalcc) em

 

Além de trazer a informação visual, utilizamos um CTA para que o usuário entre no blog e se aprofunde no conteúdo sobre o Círculo Dourado. No blog, ou dentro de uma landing page ou qualquer outra página de um site, outros elementos para conversão e captura de leads devem estar presentes para dar início a um trabalho de Inbound Marketing.

Infográficos são atrativos nas redes sociais também por resumir melhor informações complexas, o que ajuda no compartilhamento e até na viralização de conteúdos. Quem faz isso muito bem é a Pictoline, uma rede mexicana focada na produção de infográficos e ilustrações sobre notícias, quotes, datas comemorativas, curiosidades e afins.

Neste exemplo, foi feito um breve resumo sobre a notícia (a fonte é citada na parte de baixo) de que os Estados Unidos aprovou restrições a empresa chinesa Huawei, o que afetaria o acesso dos smartphones ao sistema Android, do Google.

Estendendo este ponto das redes sociais, os infográficos no formato interativo podem ser utilizados como games, desde que bem programados e dispostos em um hotsite. O infográfico interativo pode complementar um conteúdo mais complexo, do tipo reportagens especiais e multimídia. É claro que este tipo de infográfico exige um trabalho maior na elaboração da pauta, no design e até na divulgação da peça.

Entregar um produto bem feito é essencial para ter engajamento e resultados em marketing, e até em vendas caso esse seja o objetivo.

O que fazer com os infográficos?

Para concluir este artigo, este tópico tem o objetivo de relembrar e listar as utilidades dos infográficos na estratégia de marketing digital, seja ela voltada para conteúdo ou redes sociais.

Depois da pesquisa, da pauta e da execução do infográfico, é o momento da divulgação, que pode ser geral ou direcionada apenas a um público específico - talvez uma segmentação de leads da estratégia de Inbound, por exemplo. Outras situações para distribuir seus infográficos seriam:

  • Usar uma série de imagens próprias para o formato de Histórias do Instagram, aproveitando os recursos de perguntas, enquete e quiz.
  • Resumir todas informações de um blog post e ser oferecido como um conteúdo rico.
  • Ser programado dentro de um site no formato de game, oferecendo algum bônus em troca do engajamento (pontuação).
  • Ser integrado ao formato de reportagem especial, seja como uma linha do tempo ou um fluxograma de informações.
  • Apresentar uma curiosidade ou notícia rápida para posts nas redes sociais.
  • Resumir uma informação institucional de sua empresa para páginas de “Sobre” dentro do site.
  • Criar um mapa sobre a distribuição do seu produto ou endereços de lojas.
  • Inovar no formato de e-mail marketing e newsletter.

E se você se interessou em criar um infográfico para o seu blog, baixe o nosso e-book “Design, cores e experiência do usuário” para conferir dicas indispensáveis na construção do seu infográfico e todos outros elementos em um site.

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019