ChatBots são programas com inteligência artificial que podem conversar com você, resolver dúvidas e proporcionar uma interação amigável. Como consumidor, você talvez já tenha acessado a página de alguma loja no Facebook e, ao mandar uma mensagem, foi recebido por esse “robôzinho”. Muitas vezes, não é nem preciso passar para algum atendente real, pois o problema já é resolvido no próprio chat.

Isso acontece em vários ChatBots de sucesso mundo afora. A razão por trás da fama toda é o aumento significativo de bons resultados. Para começar, a interatividade com o cliente: o ChatBot se torna uma tipo de SAC mais rápido e eficaz, facilitando a vida dele e da empresa ao mesmo tempo.

Com isso, a experiência do público se torna melhor e, consequentemente, as chances de fidelizá-los crescem. Além disso, os chats automáticos facilitam a geração de leads. Pessoas que surgem na página da empresa buscando determinadas informações podem sair de lá com mais conhecimento do que pretendiam, e mais interesse também.

Por fim, essa automação reduz gastos com a área de atendimento, sem comprometê-la. Dúvida? Confira alguns exemplos de ChatBots de sucesso e perceba que tanto os grandes quanto os pequenos podem tirar proveito dessa solução inovadora.

Uber

A Uber já anda fazendo muito sucesso por aqui, mas é claro que nos Estados Unidos ela está mais avançada em alguns quesitos – e isso inclui o uso de ChatBot. Através do Messenger do Facebook mesmo, os consumidores podem chamar motoristas próximos, mesmo sem usar o aplicativo da própria Uber.

A segurança continua a mesma, mas a situação se torna ainda mais fácil. Imagine que, por algum motivo, o cliente não está com o app instalado naquele momento? Ou está pedindo pelo computador, por estar sem celular? Essa é uma solução inteligente e desejada pelo público em várias circunstâncias.

eBay

Um dos maiores varejos do mundo aproveitou a oportunidade de instalar um ChatBot, também no Messenger. Nesse caso, não se trata apenas de um simples atendimento para tirar dúvidas, mas para ajudar o consumidor a encontrar seu produto. É como a barra de pesquisa do próprio eBay, mas personalizada e aprendendo mais a cada interação.

O cliente começa a conversar e a especificar o que está procurando, conforme o robô pergunta e mostra opções. É possível até mesmo procurar imagens ao invés de texto. Depois, o ChatBot envia o link da página do item ou da lista e é só comprar!

Sephora

A Sephora foi uma das empresas que fechou parceria não com o Facebook, mas com o aplicativo de mensagens Kik, muito popular nos EUA. Ele também funciona com atendimento personalizado, mas com um detalhe a mais: o usuário deve responder um questionário interativo primeiro, para então o chat dar sugestões e avaliações dos cosméticos, especificamente moldadas para o gosto daquela pessoa.

Com essa seleção em mãos, o consumidor pode realizar a compra no Kik mesmo. Durante o resto do tempo, o robô pode enviar tutoriais diversos de maquiagem, provando que ChatBots de sucesso se criam principalmente por conta da interatividade.

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Paulistano e CEO da Post Digital, empresa que fundou no inicio de 2010, com a idéia principal de desenvolver projetos digitais estratégicos e focados em resultado (conversões). Trabalha profissionalmente com internet desde a época da bolha, já desenvolveu mais de 300 projetos sob medida, é certificado Google para rede de pesquisa, rede de display e analytics e é especialista em SEO.