Se você frequenta nosso blog com certa regularidade, provavelmente você já deve estar inteirado sobre diversos assuntos pertinentes ao campo. Para te deixar ainda mais por dentro, ou introduzir aqueles que passam por aqui pela primeira vez, hoje falaremos sobre a geração de leads. Assim, nada mais justo que começar explicando o que são leads.

Você provavelmente já se deparou com alguma página na web que pedia suas informações de contato - como e-mail e telefone - em troca de um e-book ou algo parecido, certo? Isso faz parte do processo de geração de leads. Através da oferta de conteúdo de qualidade e relevante para seu público, você consegue informações de contato preciosas, que podem ser utilizadas na elaboração de campanhas futuras de marketing digital, com o objetivo de transformar os leads em clientes.

Na sequência, vamos lhe apresentar quatro formatos de conteúdos que certamente irão o ajudar em como gerar leads para seu negócio.

E-book

Esta é a ferramenta máxima sobre como gerar leads. O e-book nada mais é que um livro em formato digital, feito com o propósito de ser lido em tela. No entanto, diferente dos e-books de ficção, por exemplo, os e-books destinados à geração de leads possuem menos páginas (cerca de 30), pois o conteúdo deve ser fácil de ser entendido.

A grande vantagem do e-book é que, além de serem extremamente eficazes, eles ainda podem reaproveitar o conteúdo de posts em blogs - por exemplo, você faz uma série de posts dedicados a um tema em seu blog e, depois de todos publicados, pode compilá-los em um e-book, poupando trabalho e perda de tempo.

Webinar

O webinar consiste em vídeo transmissões ao vivo ou gravadas pela internet. Com o uso da voz e/ou imagem, é possível acrescentar mais pessoalidade à comunicação, aproximando ainda mais cliente e empresa. Por focar em um assunto específico, os webinars dão maior grau de credibilidade e confiança à empresa, pois o responsável pela condução do webinar está em uma posição de autoridade e possui domínio sobre o tema, se aproximando muito do status de um palestrante. Isso que dizer que o retorno de imagem positiva para a empresa é bastante significativo, assim como a maior confiança nos produtos e/ou serviços ofertados.

Dependendo da estratégia de marketing adotada pela empresa, o webinar pode ser ao vivo, gravado ou ser transmitido ao vivo e ficar no ar para transmissões futuras.

Kit

Como é possível deduzir pelo nome, os kits são compostos por mais de dois tipos de conteúdos. Pode ser um e-book e um webinar ou um webinar e a oferta de um curso gratuito, por exemplo.

Os kits podem ser de dois tipos: de coletâneas de materiais com mesmo formato e pertencentes ao mesmo assunto ou de mix entre materiais do mesmo assunto com formatos diferentes. Ambos os tipos apresentam a vantagem da economia, já que é possível utilizar conteúdos já prontos. No entanto, o primeiro tipo apresenta como vantagem a maior facilidade na distribuição ao (futuro) lead.

Outra vantagem do kit é que ele pode ser direcionado a um público específico ou mesmo a uma etapa da aprendizagem de determinado assunto.

Template

Os templates são modelos de documentos prontos para serem utilizados nas mais diversas situações, poupando o trabalho de ter que refazer o template a cada novo uso. O tipo de documento visado pelo template vai depender muito de seu público-alvo. Suponhamos que seu público seja constituído por profissionais de venda autônomos. Neste caso, um template de calendário de visitas comerciais certamente será muito útil. Agora se seu público for composto por profissionais que adotam o esquema de trabalho "home office", este template será inútil, sendo mais adequado o template de um cronograma de atividades, por exemplo. Assim, a adequação ao público-alvo é um requisito fundamental (não só) do template, em especial porque, teoricamente, ele é mais adequado para atrair leads de qualidade.

Como é possível deduzir, os leads são ferramentas essenciais para o sucesso da estratégia digital. No entanto, muito mais que entender no que eles constituem e como gerar leads, é necessário levar em conta qual o formato de conteúdo mais adequado para aquele público-alvo, pois isto está ligado diretamente com o sucesso da estratégia. Com estas dicas aplicadas na prática de sua empresa, você certamente aumentará em muito o número de leads de sua empresa.

Aproveite que você já está aqui e navegue pelo blog. Com certeza você irá encontrar dicas preciosas paa impulsionar ainda mais a sua empresa.

Vídeo Extra: Geração de Leads: 3 dicas para aumentar sua taxa de conversão

O principal objetivo do Marketing Digital é atrair novas oportunidades de negócio para a sua empresa por meio dos seus canais digitais.

Mas para ter resultados concretos não basta ter apenas o site da sua empresa. Muitas empresas ao desenvolverem seus sites acreditam que o caminho para o sucesso está trilhado, ainda mais se o website estiver gerando leads. Dessa forma, se contentam com resultados medíocres quando muito medianos. No vídeo de hoje apresentamos 3 dicas para melhorar a taxa de conversão do seu site e aumentar a sua base de leads.

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019