Uma das tendências de marketing mais atuais é o Inbound Marketing, baseado na premissa de atrair o interesse do consumidor pela empresa a partir da disseminação de conteúdo de qualidade, ao invés de focar apenas na promoção do produto ou serviço. Essa estratégia visa criar um relacionamento mais sólido com os clientes, valorizando o fato de que eles estão cada vez mais exigentes. Segundo a pesquisa Tendências do Marketing de Conteúdo 2015, para as empresas brasileiras, as ações de inbound tendem a ser 30% mais eficazes do que as demais. Conheça a seguir quais são os maiores mitos do Inbound Marketing.

O Inbound Marketing é o novo SEO

É comum acontecer essa confusão no marketing digital, mas esses dois são conceitos diferentes e um não substitui o outro. SEO são as estratégias que devem ser utilizadas para otimizar o website ou blog da empresa, a fim de que ele consiga melhorar o posicionamento nos buscadores. Isso inclui o uso das melhores palavras-chave para SEO, imagens em boa resolução, URL amigável e outros recursos.

Já o Inbound Marketing compreende as ações que atraem o cliente ao invés de tentar impor a ele o produto, aumentando o tráfego no site e convertendo-o em leads e depois em clientes. O SEO é uma parte do Inbound.

Ele é uma moda passageira

No universo do marketing e comunicação em geral, é comum surgirem modas que duram apenas algumas temporadas. No entanto, uma prova de que o Inbound Marketing não faz parte disso é o fato de que ele já vem sendo empregado há cerca de dez anos. O uso de estratégias digitais tem intensificado seu uso e fazendo com que ele se torne mais popular, mas não é algo novo e vem se mantendo como tendência mesmo diante das novidades que sempre surgem, sem perder espaço para elas. Quando incorporado pela empresa, ele se torna parte da cultura organizacional, ganhando uma posição fixa no planejamento de marketing.

Pode ser feito por uma única pessoa

A aplicação do Inbound Marketing na prática inclui muitas etapas para que traga os resultados esperados, entre elas estão produção de conteúdo criativo em diferentes plataformas (textos, imagens, vídeos), pesquisas para descobrir quais temas e abordagens mais atraem o público, mensuração de resultados, design, planejamento para divulgação de cada conteúdo e muitas outras. Para que tudo isso seja feito com a agilidade que o marketing digital exige, é necessário o trabalho em equipe. Concentrar tudo nas mãos de um único profissional dificilmente surtirá um efeito positivo, até porque uma única pessoa não domina todos os conhecimentos necessários para o cumprimento das etapas citadas.

Inbound Marketing é a mesma coisa que Marketing de Conteúdo

Esse está entre os mitos do Inbound Marketing mais comuns! Na verdade, a produção de conteúdo é uma das ferramentas incorporadas e utilizadas pelo Inbound Marketing. Essa tendência que está sendo abordada não se resume apenas na produção e disseminação de conteúdos, pois se fosse assim, a simples criação de um blog já seria suficiente.

O que acontece é que o conteúdo é uma das formas de atrair a atenção dos consumidores para a empresa em questão, mas não é a única. Além disso, o Inbound Marketing envolve uma série de etapas, especialmente atrair usuários, convertê-los em leads e transformá-los em clientes reais.

Não preciso fazer mais nada se estiver fazendo Inbound

O ideal é trabalhar o Inbound em conjunto com outras estratégias de marketing digital, como por exemplo, programas de fidelização, promoções, concessão de brindes, presença nas mídias sociais, ações de marketing viral, publicidade online, anúncios e tantas outras. O Inbound Marketing vai ser essencial para atrair o interesse do cliente e, possivelmente, provocar a identificação dele com a marca, mas isso não é suficiente. De nada adianta o consumidor se identificar, se os produtos forem inacessíveis, por exemplo, ou se ele não se deparar com a empresa diariamente nas redes sociais. Por isso, o segredo é o conjunto de estratégias.

O Inbound serve para todos os tipos de negócio

Nem todos os segmentos podem ter tantas vantagens com esse tipo de estratégia, até porque, como você viu, ela exige uma equipe inteira se dedicando e outros investimentos. Desse modo, o Inbound Marketing é especialmente indicado para empresas que trabalham com um produto ou serviço que exija que os consumidores tenham um conhecimento maior para poder aproveitá-lo. É o caso dos empreendimentos do ramo de tecnologia, educação e outros que seguem essa linha.

Você entendeu os mitos do Inbound Marketing? Fique tranquilo e aplique-o pouco a pouco em sua empresa. Para saber mais sobre o Inbound Marketing, baixe o nosso e-book gratuito 'O Guia Definitivo do Inbound Marketing' e aumente as vendas da sua empresa com as estratégias do Inbound!

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019