Apesar de ter modificado as diversas áreas de nossas vidas, talvez uma das transformações mais interessantes promovida pela web tenha sido em termos de marketing, chegando ao Marketing Digital como conhecemos. A forma de marketing mais eficaz na internet, utilizada em estratégias digitais das mais diversas empresas, é o chamado Inbound Marketing. Nele, há uma inversão nos contatos e relacionamentos, ou seja, não é mais a empresa que vai atrás do usuário, mas sim ele que vai atrás de produtos e serviços das empresas.

Por esse motivo, o Inbound Marketing também é tratado por marketing de atração. Dentro dele, existem ainda as estratégias de marketing de conteúdo, de mídia paga e de redes sociais. Todas elas vão ter algo em comum: o conteúdo em imagens, vídeos e textos. O texto é muito valorizado por possibilitar a aplicação de técnicas de SEO e melhorar o posicionamento de uma página dentro dos resultados do Google.

Isso, entre outros tantos objetivos em uma estratégia digital, é possível graças ao webwriting, que promove conteúdo de qualidade, útil e de baixo custo para a promoção de produtos e serviços para os usuários. Vamos ver o que é webwriting mais a fundo?

O que é Webwriting?

Dito de uma maneira bastante simples, o webwriting é uma técnica de escrita de conteúdos diversos especificamente para a publicação na internet. Na prática, parece bastante simples, mas é um pouco mais complexo do que isso. Quando respondemos o que é webwriting, devemos levar em conta duas coisas: a produção do conteúdo - que não se limita aos textos, já que vídeos e podcasts também fazem parte da técnica - focado no público-alvo e a distribuição deste conteúdo.

Uma das maneiras mais eficazes de distribuição de conteúdo é através do Google, mas para aparecer nas primeiras posições, tendo mais chances de cliques, é necessário que o conteúdo tenha qualidade, pois este é um dos fatores que o algoritmo do buscador usa para ranquear os sites. É importante destacar que não é necessário pagar nada para isso (nas estratégias orgânicas), então todos os esforços devem recair sobre a qualidade do conteúdo.

Assim, o webwriting é ideal para as mais diversas empresas na promoção de seus produtos e serviços, pois além de ser altamente eficaz, ainda possui baixo custo e é relativamente simples de ser utilizado. Na sequência, conheceremos alguns fatores para alcançar o sucesso na produção de conteúdo.

Antes, é interessante notar que mesmo para anúncios no Google (links patrocinados) ou nas redes sociais (mídia paga), é muito importante escrever no contexto de webwriting. Um anúncio de jornal e um anúncio na internet podem compartilhar o mesmo objetivo, mas certamente não conversam com o mesmo público e, logo, não utilizam a mesma linguagem.

O ambiente online é diverso, rápido e competitivo. Fazer webwriting é reconhecer elementos e formatos variados para um conteúdo, sempre almejando uma mensagem objetiva, de fácil entendimento e também alinhada ao objetivo pessoal ou da empresa.

Como fazer um webwriting de sucesso?

Agora que você já sabe o que é webwriting, é hora de se inteirar sobre os fatores de sucesso para um bom conteúdo. Dentre estes fatores, podemos citar a escolha adequada e coerente das palavras-chave, o número adequado de repetições dessas palavra ou termos, a qualidade da escrita - tanto para o algoritmo do Google quanto para o usuário - a colocação sintática das palavras-chave em diferentes posições nas orações (ora como sujeito, ora como objetivo indireto, por exemplo) e, claro, a qualidade editorial do texto, isto é, um texto bem estruturado, de fácil leitura e que instiga o leitor a continuar sua leitura.

Isso se aplica aos conteúdos de blogs e páginas de sites. Mesmo quando seu site já estiver no ar, considere passar todas as páginas por uma revisão de conteúdo. O webwriting somado ao SEO é uma ferramenta para otimização de sites, melhorando a quantidade de acessos e também o tempo de permanência nas páginas - o que pode resultar em uma conversão maior seguindo a estratégia de Inbound.

A seguir, entenda como outros formatos de conteúdos digitais podem ser produzidos com as técnicas de webwriting:

Vídeos

Seja no YouTube ou nas redes sociais, esse tipo de conteúdo é muito bem aceito pelo público e é um formato versátil para diferentes objetivos de uma empresa dentro do Marketing Digital. Inclusive, chamamos essas ações de video marketing. Nos vídeos, o webwriting pode ser utilizado para criar roteiros objetivos e relevantes para a sua persona, um personagem semi fictício que representa seu público-alvo e possível cliente.

Além do vídeo em si, você deve escrever um bom título e também a descrição desse conteúdo no YouTube, pois a parte de texto é avaliada e valorizada da mesma forma que um conteúdo de blog, considerando palavras-chave, relevância para a busca dos usuários, qualidade, autoridade e outros fatores.

Anúncios

A mídia paga na estratégia digital pode ter diferentes objetivos, entre vendas, reconhecimento e conversão no Inbound Marketing. Para qualquer necessidade, eles devem contar com a escrita persuasiva. Mais do que webwriting, considerando o contexto e canal da comunicação, é necessário fazer copywriting. O copy é um estilo de escrita voltado para vendas, utilizando gatilhos mentais e elementos de autoridade e convencimento para conseguir uma ação do leitor.

O webwriting para anúncios deve considerar o canal no qual será veiculado. Nos links patrocinados do Google Ads, é importante ser objetivo e sucinto com as palavras. Nas redes sociais, o conteúdo deve ser atrativo e muito bem direcionado para os segmentos de públicos desejados. A própria escolha de palavras já é um forte fator para o sucesso do seu conteúdo.

E-mail Marketing

O e-mail marketing conta principalmente com o texto, logo o webwriting faz sentido aqui. Aqui, vale redobrar a atenção: e-mail marketing não é spam! Todos e-mails que sua empresa enviar para contatos devem ser direcionados apenas para leads reais. Não compre listas de e-mail pois isso só vai prejudicar a sua estratégia.

Então, voltando para o conteúdo de e-mail, ele pode ser no formato de newsletter, focado em conteúdo, ou de e-mail marketing propriamente dito, com foco em vendas e ofertas, geralmente de loja online.

O texto de um e-mail marketing pode ser personalizado ao máximo, considerando os dados variáveis que você já possui sobre seus contatos. O webwriting, então, entra apenas como um toque para deixar o conteúdo mais legível e relevante, seja para a tela do computador ou para o smartphone. Considere esse fator sempre, já que muitas pessoas já preferem e priorizam o acesso pelo celular.

Redes Sociais

Cada rede social e seu correspondente público tem uma linguagem própria. O webwriting deve considerar isso, somado ao próprio tom de voz da marca, para fazer legendas e imagens adequadas para cada canal. Redes sociais são rápidas e seu alcance pode ser mínimo, por isso invista na diversidade de assuntos e na qualidade deles, sem estender muito seu conteúdo.

Caso avalie necessário se prolongar dentro de um mesmo assunto, crie várias postagens ao invés de apenas uma muito longa. Isso vai aumentar o seu alcance durante os dias, já que poucas redes seguem ordem cronológica ou garantem a entrega para todas suas conexões ou seguidores.

Elementos para webwriting

Ok, até aqui você já conheceu o webwriting e suas aplicações. Agora é importante que você saiba quais são os elementos necessários ao fazer a redação de um conteúdo online. São eles:

  • Palavra-chave com volume de busca e relacionada ao negócio;
  • Linguagem simples e de fácil entendimento;
  • Objetividade;
  • Didática;
  • Links para outros conteúdos ou páginas relacionadas;
  • Hashtags nas redes sociais;
  • Acessibilidade (texto alternativo e legibilidade).

Dependendo do formato do conteúdo a ser produzido e também do canal em que ele será veiculado, outros elementos e cuidados serão necessários. Para os vídeos, por exemplo, a qualidade da imagem e do áudio, além do uso de legendas. No e-mail, uso das variáveis e formatação.

Devo contratar um Webwriter?

Como visto acima, há diversos fatores técnicos que interferem na qualidade do conteúdo em webwriting. Por isso, recomendamos a contratação de um profissional para realizar esta tarefa. Além da qualidade do conteúdo final ser muito superior quando comparado ao conteúdo produzido por um amador, a mão de obra possui preço acessível e o profissional certamente entenderá os pormenores do marketing digital, o que ajudará a campanha a obter o máximo de eficácia, otimizando tanto seus resultados quanto os recursos empregados durante sua execução.

Entendeu o que é webwriting? São por todos os motivos elencados acima que o webwriting é indicado para as mais diferentes empresas, independente do porte ou ramo de atuação da mesma. Aplique esta técnica de marketing em sua empresa e se surpreenda com os resultados! Para saber mais, baixe o nosso e-book gratuito 'O Guia Definitivo do Inbound Marketing' e saiba como os conteúdos devem ser feitos para melhorar a visibilidade da sua empresa!

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Paulistano e CEO da Post Digital, empresa que fundou no inicio de 2010, com a idéia principal de desenvolver projetos digitais estratégicos e focados em resultado (conversões). Trabalha profissionalmente com internet desde a época da bolha, já desenvolveu mais de 300 projetos sob medida, é certificado Google para rede de pesquisa, rede de display e analytics e é especialista em SEO.