Ter pessoas interessadas acessando o conteúdo e dando tráfego ao site é de suma importância para a impulsão de uma empresa no mercado. Ter o público-alvo acessando é ter pessoas interessadas entrando, saindo e se renovando, tomando consciência sobre sua marca. O tráfego orgânico tem essa fundamental importância no alavanque de uma empresa como consolidada nos atuais concorrentes mercados.

Sistemas automatizados são excelentes opções para aumentar o tráfego de um site. Até porque, sem tráfego, sem interesse. E sem interesse, sem lucro. E, no fim das contas, sem lucro, sem site. A empresa acaba decaindo, não há público, e o que acontece é que o site (e o produto a ser vendido) acaba por ser esquecido pelo público. Mas o que é tráfego orgânico? Confira no tópico a seguir:

O que é tráfego orgânico?

O Google é uma empresa que possibilita outras empresas – através de técnicas de otimização de pesquisa e conteúdo – a se alocarem da melhor maneira possível à visão de um público que deseja em determinado nicho, de maneira gratuita (orgânica). O Google utiliza de duas opções para análises dos artigos, que são as seguintes:

  • Própria análise do Google: aqui, o Google faz a própria análise e avaliação, através das palavras-chave do texto, tempo de carregamento da página e autoridade que o blog possui para a informação, entre outros fatores;
  • Análise de visitantes através do Google: o buscador analisa o tempo de visita, número de cliques, quantidade de páginas visitadas, se há comentários, visualizações dos vídeos, demais conteúdos anexados, etc.

Mas, em suma, o que é tráfego orgânico? É a maneira de conseguir visitantes através de técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que é o principal conceito de estratégia de marketing digital para elaboração e implementação correta de um marketing de conteúdo em que um artigo encabeça as principais listas de resultados dos buscadores Google, Bing, Yahoo e afins. Portanto, agora que entendemos o conceito de tráfego orgânico, vamos entender um pouco dos motivos para investir nesse tipo de estratégia digital.

Qual a importância do tráfego orgânico?

A internet funciona, praticamente, à base dos buscadores. Ainda que muitos sites (especialmente redes sociais) sirvam para que os internautas descubram novos conteúdos, os buscadores ainda são a única forma confiável, tanto para os produtores quanto para os consumidores, de encontrar o que realmente é desejado. Por isso o tráfego orgânico é importante: ele representa uma enorme parte do tráfego de um site, e ele próprio colabora para o aumento gradual de visitantes.

Uma empresa que invista e separe um tempo razoável para aprimorar seu tráfego orgânico garante boas estratégias e resultados de marketing, mais credibilidade e também engajamento com o público consumidor.

Porque investir em tráfego orgânico?

  • Conteúdo e informação como base de mercado: Através de estratégias de marketing de conteúdo, o leitor poderá ficar por dentro dos assuntos que envolvem a empresa e os produtos trabalhados por ela. Com informação, mas, sobretudo, com conteúdo. O leitor não será apenas consumidor de produto físico ou serviço, mas consumidor de conteúdo.
  • Estratégia interligada: Com os conteúdos, estratégias são delimitadas. Através de estratégias de marketing de conteúdo, o texto se torna um grande centralizador de hiperlinks e outros temas que a empresa está trabalhando online, além de ser um propagador de outras estratégias digitais, a exemplo dos vídeos.
  • Preço para estabelecer o tráfego orgânico: O custo do marketing de conteúdo é mais em conta do que aparenta. Para estabelecer uma estratégia digital como o tráfego orgânico, é importante ter no mínimo três elementos: blog, domínio e conteúdo. Pronto, a partir daí, o marketing de conteúdo – e o consequente tráfego orgânico gerado – estará ao alcance.
  • Demonstra autoridade: Criando-se um nome, cria-se credibilidade, e, a partir da credibilidade, o tráfego aumenta, o público se agrada e a quantidade de visitantes se estabelece.

Outros tipos de tráfego

Além do canal de aquisição orgânico, através do resultado de buscas, existem outros tipos de tráfego de origem variadas e que podem ser utilizados para conquistar mais visitantes. A seguir, você entende qual a diferença e especificações de cada um:

  • Tráfego pago - visitantes que chegam até a página de destino de um site clicando em anúncios no Google Ads (links patrocinados e rede de display), redes sociais (Facebook Ads, Instagram Ads, LinkedIn Ads) e demais ferramentas de gerenciamento de anúncios.
  • Tráfego direto - esse tipo de tráfego é proveniente das pessoas que digitam o endereço do site na barra de pesquisa do navegador por já conhecerem o domínio do site previamente. De certa forma, por não ter origem em anúncios, pode ser considerado um acesso orgânico.
  • Tráfego social - tratam-se dos acessos que têm como origem links compartilhados em páginas, perfis e publicações de redes sociais. Com o grande alcance e poder de engajamento dessas redes sociais, investir nesse canal de aquisição é essencial para aumentar o tráfego.
  • Tráfego de referência - estratégias de link building geram acessos com origem em outras páginas, de outros domínios ou mesmo no próprio site, como em artigos de um blog, por exemplo.

Tráfego Orgânico X Tráfego Pago

Em determinado momento, toda empresa vai se deparar com algumas questões de custo-benefício em seus processos, inclusive os de marketing. No caso do tráfego de sites, é comum ficar em dúvida entre o orgânico e o pago. Agora que você já sabe o que é tráfego orgânico, separamos algumas características para explicar a diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago:

Tráfego orgânico

A sua maior vantagem é o pouco custo direto envolvido nessa modalidade. Se as técnicas de SEO forem aplicadas corretamente, os resultados virão diretamente do Google e de outros buscadores sem gastos adicionais. Por outro lado, existe um investimento indireto que envolve a contratação de redatores, ferramentas de aprimoramento de SEO e a manutenção do próprio site. Também é preciso paciência e esforço para que o ranqueamento seja alto, já que, no início, não será tão fácil alcançar a primeira página.

Tráfego pago

Os custos aqui podem ser maiores, já que você terá que pagar por anúncios tanto nos buscadores quanto em redes sociais, constantemente. Então, além da produção do conteúdo, também haverá investimento em ferramentas para a promoção dos links em diversos locais. A vantagem é que os resultados aparecem mais rápido e para um grande número de internautas.

Como gerar tráfego orgânico para meu site?

Conheça seu público

Qualquer empresa ou marca tem um público-alvo. Isso se traduz tanto em consumidores que acompanham os lançamentos quanto os que só adquirem um produto. É essencial que esse público seja conhecido, através de pesquisas e observação, incluindo os fatores demográficos (como sexo, idade, raça, etc) e de gostos pessoais. As informações coletadas poderão ser usadas pela empresa em uma série de estratégias de marketing, incluindo na produção de conteúdo. Por exemplo, se você tem um pet shop, seu público-alvo é automaticamente donos de pet; com isso em mente, você pode publicar um artigo sobre cuidados com cachorros ou gatos e atrair a atenção certa para geração de tráfego orgânico.

Invista em SEO

O SEO - ou Search Engine Optimization - é o nome dado para diversas técnicas que tem como objetivo melhorar o posicionamento de um site ou páginas nos buscadores, como Google, Bing ou Yahoo!. O SEO é a base do tráfego orgânico, já que é ele que transforma o conteúdo em cliques reais. Investir em SEO significa contratar redatores e ferramentas que criem, analisem e aprimorem o conteúdo a ser postado. Isso será feito através do uso de palavras-chave escolhidas com cuidado e inseridas de forma inteligente, sempre relacionadas ao seu negócio e ao público-alvo, com um bom volume de pesquisa. É sempre bom lembrar que SEO não significa inserir o maior número de palavras-chave, mas sim o número mais inteligente!

Faça um estudo de palavras-chaves

Seguindo a lógica do SEO, é importante perceber que não adianta lotar um texto de palavras-chaves, visto que isso será visto com 'maus olhos' pelos buscadores e não resultará em uma boa posição. Entretanto, o uso correto das palavras-chaves garante uma resposta bem melhor dos algoritmos de buscadores. Pense muito bem na definição dessas palavras-chaves, além de considerar o que mais será procurado pelos clientes, você também deve ter certeza de que ela estará bem relacionada com o conteúdo e não atrapalha a leitura. Além disso, crie uma estratégia geral no site, que envolva diferentes palavras-chaves para diferentes postagens, criando uma rede de atração para o público-alvo.

Crie e faça títulos de sucesso

Os títulos de seus posts são tão importantes quanto o texto. Pesquisas sobre o comportamento das pessoas na internet já indicaram que elas seguem um padrão de leitura, e ele passa primeiramente pelo título e por todos os subtítulos antes mesmo de iniciar a leitura real. Por isso, os títulos e subtítulos tem que chamar toda a atenção. Além de criativos e explicativos, eles também podem ser otimizados com as palavras-chaves daquele post. Essa parte é fundamental, aliás, já que os buscadores reconhecem os títulos como mais importantes no ranking.

E como gerar tráfego orgânico para meu blog?

Invista em conteúdo relevante

Não só de palavras-chaves e SEO de qualidade é construído um site - e muito menos um engajamento com o público. Lembre-se que você não está lidando apenas com números, mas com pessoas reais com interesses e necessidades. Ou seja, o conteúdo do seu blog precisa estar atendendo ao que o leitor procura. Pense em postagens relevantes, que realmente agreguem valor ao seu cliente e façam com que ele te dê credibilidade e procure passar mais tempo no blog. Se o público reconhecer que aquele conteúdo é importante para ele, ninguém vai hesitar em voltar.

Faça estratégias em mídias sociais

As redes sociais também constroem os resultados de tráfego no seu site. Sabendo o que é tráfego orgânico, você entendeu que os cliques vem relativamente 'de graça', já que não envolve custo direto. Além dos buscadores, as mídias sociais também representam uma enorme quantidade de cliques em todo tipo de site. Facebook, Twitter, Instagram e outras redes são os locais nos quais os internautas passam a maior parte do seu tempo, e também onde descobrem uma infinidade de conteúdo novo. Ao investir nelas, com posts que podem ser compartilhados facilmente, o alcance do site é triplicado.

Poste seus conteúdos em outras plataformas

As redes sociais podem ser conhecidas por terem postagens leves e engraçadas, mas não só isso. O conteúdo do site pode - e deve! - ser publicado também nelas, com links que vão aumentar o tráfego naturalmente. Isso pode ser feito utilizando resumos do post principal, o início dele ou mesmo completo de vez em quando, para criar uma boa relação com os seguidores das páginas sociais. Outras plataformas incluem não só as redes sociais, aliás, mas outros formatos. Transforme seu conteúdo em vídeo, em podcasts e em imagens - leve-o para todos os lugares, de todas as formas.

Faça diferentes tipos de conteúdo

O que é tráfego orgânico se não a junção de cliques vindos do maior número de locais possíveis? Seja em outras mídias, outros formatos ou em buscadores, quanto mais, melhor. Mas não há porque focar todos os esforços em um único post, ou um único tipo de conteúdo. Seu público-alvo pode ser bem definido, mas ainda assim tem diversos interesses. Seguindo o exemplo do pet shop, você não deve sair do seu tema principal, mas porque não falar também de pássaros e roedores, além de gatos e cachorros? Aumente as possibilidades de cliques e, consequentemente, de clientes.

Como aumentar o tráfego orgânico do meu site?

Além de estratégias que ajudam a gerar tráfego, existem técnicas de aumentá-lo ou ainda contornar situações de queda de tráfego orgânico.

Assista ao webinar completo e aprenda 5 hacks para aumentar o tráfego orgânico que podem te ajudar a conquistar conquistar mais impressões e cliques nas páginas do seu site.

  • Hack 1: Auditoria do site
  • Hack 2: Atualização de conteúdo por classificação
  • Hack 3: Atualização de conteúdo por palavra-chave
  • Hack 4: Links Internos
  • Hack 5: Alterar meta tags por posição e CTR

Entendeu o que é tráfego orgânico? Verifique o tráfego da sua empresa, expanda e invista no público-alvo, pois é ele que se alimentará do conteúdo e, consequentemente, dos produtos.

Para saber mais, baixe o nosso e-book gratuito 'Manual completo sobre Marketing de Conteúdo' e faça dos seus conteúdos um sucesso para sua empresa!

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Paulistano e CEO da Post Digital, empresa que fundou no inicio de 2010, com a idéia principal de desenvolver projetos digitais estratégicos e focados em resultado (conversões). Trabalha profissionalmente com internet desde a época da bolha, já desenvolveu mais de 300 projetos sob medida, é certificado Google para rede de pesquisa, rede de display e analytics e é especialista em SEO.