Um site é uma ferramenta essencial para o marketing digital de uma empresa. Além de ser um importante cartão de visitas, ele permite que o seu negócio seja encontrado por clientes potenciais.

Contudo, muitas empresas enganam-se ao pensarem que ter um site bonito é o suficiente para gerar conversões. De nada adianta ter um design fantástico se o seu público não consegue encontrar todas as informações que procura.

Para construir um site eficiente, é preciso que seu projeto seja realizado por profissionais focados em estratégia digital. Para te ajudar nessa caminhada, baixe o ebook gratuito 'Checklist de SEO' e obtenha mais visitantes em seu site.

Invista em uma navegação eficiente

A base de um site bem construído está na arquitetura da informação. Com informações organizadas, o usuário poderá acessar o conteúdo que deseja com poucos cliques e isso facilitará a sua navegação e o rastreamento pelo Google. Utilizar os breadcrumbs, ou navegação estrutural, é fundamental para criar as trilhas de navegação do site. Para isso, é recomendado que o desenvolvedor aplique algumas formatações no CSS, referente ao breadcrumb do site, para manter o mesmo padrão visual.

Se o site é feito em WordPress, o próprio plugin do Yoast cria um código de breadcrumb que compreende a estrutura do site, categorias, subcategorias e o projeta de maneira dinâmica. Além de contribuir para a estrutura dos links internos do site, o plugin do Yoast ajuda o Google a entender o conteúdo do site através das trilhas de navegação, que passa a aparecer nos resultados de pesquisa de modo bem mais atrativo para o usuário.

Preste atenção na velocidade do site

Outro fator importante para garantir uma boa experiência ao usuário é a velocidade de carregamento da página. Embora isso não seja essencial para o rankeamento do Google, essa prática poderá contribuir para que os usuários sempre retornem ao seu site quando necessário. Assim, o site também poderá conseguir uma posição de destaque no ranking dos resultados do Google, à medida em que os usuários se sintam bem dentro da sua página e a indiquem para outras pessoas.

Selecionamos abaixo algumas ferramentas que podem te ajudar a identificar a velocidade da sua página:

Pingdom Website Speed Test

Disponibiliza as informações de tempo de carregamento e tamanho da página, em uma análise detalhada.

Load Impact

Reúne dados e elabora gráficos relacionados à velocidade do site escolhido.

Google PageSpeed Insights

Detecta possíveis problemas de desempenho e atribui uma nota para a performance de cada página testada.

Crie URLs amigáveis

O Google busca pelas palavras chave também no endereço da página, por isso é interessante acrescentar algo como http://site.com.br/nome-do-post em vez de códigos http:// site.com.br/ctl35279xg10g35.

Utilize imagens de boa qualidade

Imagens são elementos importantes para o SEO de um site. Alguns itens ajudam o Google a identificar qual o assunto daquela imagem, como o nome do arquivo, o texto alternativo e o contexto.

Todas as imagens devem ter nomes amigáveis, já que o nome do arquivo descreve o assunto da imagem inserida. Também é importante contar com um texto alternativo, para o caso de a imagem não ser exibida. Ou seja, a imagem precisa fazer parte de um contexto e está associada ao conteúdo da página.

Cuidado com a Meta Description

Meta Description é o texto que aparece quando o usuário pesquisa alguma palavra-chave no Google, relacionada à sua página. Sendo assim, é importante elaborar um texto atrativo com apenas 160 caracteres, para convencer o usuário de que ele deve acessar a sua página.

Atenção nas Headings

As palavras-chave relevantes para o seu negócio devem estar presentes nos títulos e subtítulos da página. Os headings são indicados pelo código .

A ocorrência da palavra-chave no conteúdo produzido também é de grande importância para a otimização do site. Portanto, ao produzir um artigo para o seu blog, por exemplo, faça duas perguntas:

  • Devo mencionar a palavra mais importante no conteúdo?

  • Quantas vezes deve-se usar uma palavra-chave, sem que isso comprometa a coerência do texto?

Um erro muito comum acontece quando empresas produzem conteúdos com a única preocupação de otimizá-lo, sem considerar o interesse de seu público. Lembre-se: o bom senso é sempre uma ótima estratégia nesses casos!

Não se esqueça de enviar o Sitemap.XML

O sitemap.xml é uma lista com as URLs do seu site, que garantem que os mecanismos de busca tenham conhecimento sobre todas as páginas do seu site. Esse arquivo não poderá conter mais de 50.000 URLs  e ultrapassar 10 MB.

Com o sitemap pronto, o arquivo será enviado através do Google Webmaster Tools, na opção Rastreamentos > Sitemap. Depois disso, clique no botão “Adicionar sitemap”, para incluir a URL do seu arquivo.

Agora que você já sabe que, para obter um site de qualidade, é essencial integrar o design com o SEO, que tal começar a sua estratégia? Entre em contato com a Post Digital!

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019