O marketing é uma área de estudos rica, sempre agregando mais conceitos e se atualizando com os novos perfis de clientes. Até hoje, confiamos no Composto de Marketing, conceito de Jerome McCarthy criado nos anos 1950, mais conhecido como mix de marketing ou 4 Ps do marketing: Produto, Preço, Praça e Promoção.

Os 4 Cs do marketing são mais recentes, levantados por Robert F. Lauterborn no início da década de 1990. Eles servem como uma atualização ou complementação aos Ps.

Isso porque os 4 Cs são focados no consumidor, enquanto o mix de marketing foca no produto ou serviço. Outro conceito é o de 8 Ps do marketing digital, baseado nos termos originais e atualizado para o cliente digital.

Quais são os 4 Cs do marketing?

• Focados no cliente, os 4 Cs definidos por Lauterborn são:
• Consumers wants and needs (necessidades e desejos do consumidor);
• Cost to satisfy (custo para satisfazer o consumidor);
• Convenience to buy (conveniência para comprar);
• Communication (comunicação).

Veja nos próximos tópicos como os 4 Cs foram traduzidos, suas correspondências aos 4 Ps e como são aplicados dentro da estratégia de marketing.

Cliente

O cliente (ou consumidor) toma o lugar do Produto. Nesse item, a ideia é que a empresa conheça profundamente seu público-alvo, oferecendo uma solução certeira para seus desejos ou necessidades.

Uma ferramenta usada nessa etapa é a criação de uma buyer persona. Esse personagem semi-fictício representa o cliente ideal, o que é bem mais específico do que o “público-alvo”, para quem a empresa define sua estratégia.

Custo

Apesar de substituir o Preço no mix de marketing, o custo traz diferenças em relação ao conceito inicial. Na estratégia de 4 Cs, o custo se refere ao investimento na empresa (preço de um produto) e a percepção de valor que o cliente faz sobre o produto, o atendimento, a experiência, a empresa, etc.

Conveniência

A conveniência chega para substituir a Praça. Esse item já não se refere exclusivamente a um ponto de venda ou atendimento físico, podendo ser também virtual ou experimental.

Os clientes procuram facilidades na hora da compra, consumo, atendimento e até troca de algum produto. A ideia é que o profissional de marketing conheça seu cliente e onde ele quer consumir, planejando a distribuição dos produtos e também a divulgação da empresa, com foco para estar presente em locais estratégicos e convenientes.

Comunicação

Já a comunicação entra no lugar da Promoção. Esse C pode ser considerado o mais importante, já que o marketing hoje em dia se baseia fortemente na comunicação, em diferentes níveis e canais. Esse item deve considerar a publicidade, as estratégias de divulgação e os canais de atendimento entre cliente e empresa.

Enquanto na promoção a ideia era influenciar e persuadir o consumidor para comprar algo, hoje em dia a comunicação se volta para a interatividade, impactando o público em momentos estratégicos e em diferentes etapas da decisão de compra, considerando seus desejos e necessidades.

A importância dos 4 Cs

Em uma estratégia de marketing, os 4 Cs são necessários para definir a melhor forma de entregar um produto para alguém, de forma conveniente e acessível. Os Cs atualizaram o mix de marketing, mas ambos os conceitos podem ser utilizados no planejamento.

Os 4 Cs são facilmente adaptados para negócios digitais, como e-commerces, e todo tipo de empresa. Embora eles cubram a comunicação, não há tanto aprofundamento quanto os 8 Ps de marketing digital.

Avalie bem quais são as necessidades da sua empresa antes de trabalhar com alguma dessas estratégias, pesando o que trará mais resultados. Não se esqueça de se cadastrar na newsletter da Post Digital, logo abaixo, para receber mais conteúdos como esse.

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Paulistano e CEO da Post Digital, empresa que fundou no inicio de 2010, com a idéia principal de desenvolver projetos digitais estratégicos e focados em resultado (conversões). Trabalha profissionalmente com internet desde a época da bolha, já desenvolveu mais de 300 projetos sob medida, é certificado Google para rede de pesquisa, rede de display e analytics e é especialista em SEO.