Antes de começarmos esse artigo, nossa dúvida é: você sabe o que é um lead? Um lead é um indivíduo que demonstra ter, de uma forma ou outra, interesse nos serviços e produtos oferecidos pela empresa. Um lead pode ser então sinônimo de um cliente em potencial, já que é uma pessoa que se interessa pelo que a empresa tem a oferecer. Mas nem todos os leads se tornam rentáveis, e não à toa, esse já é um dos mitos que circundam o assunto.

A seguir, vamos conferir quais são os 5 mitos da geração de leads.

Todo contato é lead

Definitivamente, esse é um dos principais mitos da geração de leads. Isso porque nem todo contato se torna qualificado o bastante para tal.

A geração de leads, realizada por meio de e-books, webinars, white papers e demais materiais do marketing digital posteriormente ofertados em landing pages, realmente consegue adquirir uma grande gama de nomes e e-mails, mas isso não significa que todos aqueles contatos são qualificados.

Os formulários da landing page devem ter menos campos possíveis

A lógica é compreensível: é comum pensarmos que, quanto menos campos, maior será o número de pessoas que preencherão. Mas na realidade, isso depende muito.

A quantia ideal de campos em um formulário para landing page irá depender, única e exclusivamente, de suas metas. Se o seu objetivo é adquirir novos leads, formulários mais curtos realmente podem já ser suficientes. Porém, para a obtenção de leads verdadeiramente qualificados, é necessário apostar em algo mais específico (e consequentemente, comprido).

O custo por lead é a métrica mais importante

Ter como base o custo por lead também está entre os principais mitos da geração de leads. Isso porque, procurar pelos leads mais em conta não necessariamente significa economizar. As próprias fontes responsáveis pela geração de lead têm uma relação direta com o que é buscado pelo cliente em potencial.

Por isso, é fundamental que o gestor de marketing digital atente para a qualidade do que está sendo oferecido (e consequentemente, nas ligações realizadas). O custo medido, por sua vez, deve ser o de aquisição de cada cliente em potencial conquistado após esse trabalho.

Teste A/B é muito difícil e ineficaz

Os testes A/B podem parecer difíceis e altamente complicados. Mas na realidade, não são. E o melhor: se você tiver em mãos uma calculadora que realize testes A/B, o trabalho será praticamente automatizado. Por não realizarem o teste, muitos são os especialistas que afirmam que ele é ineficaz – e aqui está outro entre os grandes mitos da geração de leads.

Os testes A/B auxiliam nas principais métricas da geração de lead. Uma pesquisa recentemente realizada demonstrou que os profissionais que realizam esse tipo de teste têm o ROI (retorno sob investimento) de inbound marketing muito maior do que quando em comparação àqueles que o ignoram.

Call to action direcionado não me dará conversão

Outro dos grandes mitos da geração de leads diz respeito às chamadas de ação, famosas 'call to action'. Muitos gestores de estratégia digital acreditam que, quando o call to action é direto e, consequentemente, direcionado, ele não trará os resultados esperados na conversão.

Grande mito. Na realidade, o que pode acontecer é o contrário. O cliente em potencial está ali por uma razão. Se você mostrar qual é a atitude seguinte que ele deve tomar (como comprar um produto ou participar de uma promoção), ele com certeza se sentirá muito mais motivado a tomá-la.

E agora que você já conhece quais são os principais mitos da geração de leads, o que ainda está esperando para utilizar essas dicas a seu favor na estratégia de sua empresa? Quer saber mais como gerar leads para o seu negócio? Baixe o nosso e-book gratuito 'Manual completo sobre Marketing de Conteúdo' e saiba como realizar conteúdos para atrair leads para sua empresa e melhorar seus resultados e vendas!

Vídeo Extra: Geração de Leads: 3 dicas para aumentar sua taxa de conversão

O principal objetivo do Marketing Digital é atrair novas oportunidades de negócio para a sua empresa por meio dos seus canais digitais.

Mas para ter resultados concretos não basta ter apenas o site da sua empresa. Muitas empresas ao desenvolverem seus sites acreditam que o caminho para o sucesso está trilhado, ainda mais se o website estiver gerando leads. Dessa forma, se contentam com resultados medíocres quando muito medianos. No vídeo de hoje apresentamos 3 dicas para melhorar a taxa de conversão do seu site e aumentar a sua base de leads.

André Cintra
André Cintra
André Cintra

Consultor, professor e palestrante com experiência em marketing digital e vendas. É CEO da Post Digital, agência de marketing digital fundada em 2010. Coordenou mais de 300 projetos personalizados para clientes nas áreas da saúde, educação, tecnologia, varejo e indústria. Ganhou o prêmio de Espada Ninja na Vitrine(Gold) no maior evento de marketing digital da América Latina, em 2019